• Domingo, 25 de Fevereiro de 2024
  • 16:06h

Mendes reconhece esforços de Lula, mas vê poucos resultados

Mendes reconhece esforços de Lula, mas vê poucos resultados

O governador Mauro Mendes (União) declarou que vê esforços do presidente Lula (PT) e do Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, mas avalia que a “entrega de resultados” é pouca. Para ele, as medidas para amenizar o déficit não têm sido tão eficientes.


A análise foi feita quando o chefe do Executivo foi questionado sobre a situação das contas públicas do país no primeiro ano de governo petista. “Vejo muito esforço do Haddad e do próprio presidente [Lula], mas o que vale no final do dia são os resultados. Não adianta dizer que o time jogou bem, treinou, correu, mas perdeu de novo”, exemplificou em entrevista ao programa Direto Ao Ponto (Jovem Pan News), na segunda-feira (29).

Ocorre que o governo federal registrou um déficit primário de R$ 230,5 bilhões em 2023, segundo dados divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional. O saldo negativo ocorre quando os gastos da União superam a arrecadação com impostos.
Segundo Mendes, o corte de alguns subsídios e benefícios fiscais ajudariam a amenizar o inchaço da máquina pública.


“Nossa dívida é gigantesca. Por que nosso juro não cai no país? Por que as empresas não crescem? Porque é muito caro. Enquanto o governo não tiver mais responsabilidade fiscal [não vai ser fácil]. Eu compreendo as dificuldades”, acrescentou.


Apesar dos apontamentos, Mendes espera que o petista e a equipe econômica do governo Federal consigam trazer bons resultados até o fim da gestão. “Jamais vou torcer contra. Torço para que o presidente Lula faça o melhor mandato de sua vida. Que ele possa chegar em 2026 e se quiser ir para reeleição que seja o cara mais aclamado. Se isso acontecer é porque o país vai estar bem”, finalizou.

Fonte: gazetadigital

Autor: Allan Mesquita FOTO Mayke Toscano/Secom-MT