• Quarta-Feira, 06 de Julho de 2022
  • 18:10h

Morto 24h após ser preso, rapaz foi alvo de vingança promovida por dupla de presos

Morto 24h após ser preso, rapaz foi alvo de vingança promovida por dupla de presos

Dois presos da Penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa, a Mata Grande, em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá) foram autuados como mandantes da morte de Roanir Alves de Oliveira, 20. Vítima foi encontrada morta dentro de uma das celas do presídio horas após dar entrada na unidade.

 

Reportagem do  chegou a noticiar a morte do rapaz, encontrado amarrado por um lençol. Ele foi preso por ter matado a sogra na cidade de Poxoréu (251 km ao Sul de Cuiabá). A princípio, a ocorrência estava sendo tratada como suicídio, mas a perícia descartou o fato.

 

Diligência

Delegacia de Homicídios ouviu todos os presos da cela, que apontaram os responsáveis pelo crime. Eles são membros de uma facção criminosa e mataram Ronair para vingar o crime que ele cometeu contra a sogra.

 

Conforme os delegados que coordenaram as investigações, Karla Cristina Peixoto Ferraz e João Paulo Praisner, os autores tiveram as prisões preventivas decretadas e foram indiciados por homicídio triplamente qualificado, por integrar organização criminosa e fraude processual, pois tentaram mudar o local do crime a fim de parecer que a vítima havia se suicidado.

 

“Um dos autores de 19 anos possui condenações pelos delitos de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. O segundo envolvido, de 23 anos, encontra-se preso pela prática de homicídio triplamente qualificado praticado no município de Juscimeira. Ou seja, não há dúvidas que são indivíduos de alta periculosidade”, destacou o delegado João Paulo.

Fonte: gazetadigital

Autor: Yuri Ramires Foto Reprodução